Apresentação

 

A COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA) da Universidade Federal de Sergipe (UFS) foi constituída em 2004 através da Portaria 137/2004/GR-UFS, respeitando o que estabelece o Sistema Nacional de Avaliação Superior – SINAES (Lei Federal nº 10.861, de 10 de abril de 2004).

Atualmente é normatizada internamente através do seu Regimento (Resolução n° 16/2014/CONSU, de 24/03/2014), o qual a constitui como o órgão colegiado permanente de coordenação do processo de autoavaliação da universidade, atuando de forma autônoma em relação aos conselhos e demais órgãos colegiados da Instituição.

A CPA/UFS tem por finalidade a implementação do processo interno de autoavaliação da universidade, a sistematização e a prestação das informações solicitadas pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES).

Visando assegurar o pleno desenvolvimento das ações que envolvem a avaliação institucional, suas atividades são promovidas em conjunto com a Coordenação de Planejamento e Avaliação Acadêmica (COPAC), órgão da Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN), e a Divisão de Avaliação e Monitoramento Institucional (DIAVI), órgão da COPAC.

Ao desenvolver a autoavaliação da Universidade, a CPA/UFS deverá observar as diretrizes emanadas da CONAES, utilizar procedimentos diversificados, respeitar as especificidades da instituição, e assegurar:

I. a análise global e integrada das dimensões, estruturas, relações, compromisso social, atividades, finalidades e responsabilidades sociais de seus órgãos;

II. o caráter público de todos os procedimentos, dados e resultados dos processos avaliativos;

III. o respeito à identidade e à diversidade de seus órgãos, e,

IV. a participação do corpo docente, discente, técnico-administrativo da Universidade e da sociedade civil organizada.